quinta-feira, 30 de julho de 2009

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Terra Natal


N dia 28 de Janeiro tive o prazer de nascer ao lado dos alpes.
Que Saudades.

domingo, 26 de julho de 2009

sexta-feira, 24 de julho de 2009

OBRIGADO

ESTE É O MEU PROXIMO CARRO.
MÊS QUE VEM COMPRO.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

FRIOOOOOOOO!!!


O mundo quer parar, para sentir o frio chegar. A brisa da madrugada que corta a pele...
Um agasalho e outro, um par de luvas
Um cachecol.
Uma paisagem de manto branco, umas ondas geladas...
E eu aqui no quentinho da minha casa

terça-feira, 21 de julho de 2009

MUDO

É AQUELE QUE NÃO CONSEGUE FALAR O QUE SENTE
E SE ESCONDE POR TRÁS DA MÁSCARA DA HIPOCRISIA

domingo, 12 de julho de 2009

DAR... É O QUE CONTA

"Muitos anos atrás, quando eu trabalhava como voluntário num hospital, conheci uma pequena menina chamada Liz, que sofria de uma doença rara e muito grave.
A sua única hipótese de salvamento parecia ser uma transfusão de sangue do irmão mais novo, de cinco anos, que já tinha tido o mesmo problema e sobrevivido milagrosamente, desenvolvendo anticorpos necessários para a combater.
O médico explicou-lhe a situação da irmã e perguntou-lhe se ele estaria disponível para dar o seu sangue à sua irmã.
Eu vi-o a hesitar por uns instantes, antes de respirar fundo e dizer
"sim, eu faço-o se isso a salvar."
À medida que a transfusão ia correndo, ele mantinha-se deitado ao lado da sua irmã, sorrindo. Todos nós sorríamos, vendo a cor a regressar à face da menina.
Foi então que o menino começou a ficar pálido e o seu sorriso a desaparecer.
Ele olhou para o médico e perguntou-lhe, com a voz a tremer, "Será que eu começo a morrer já?".
Sendo muito jovem, o menino não compreendeu o médico; ele pensou que teria que dar todo o seu sangue à irmã para a poder salvar."

quinta-feira, 9 de julho de 2009

deficiências

Deficiente - é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

Mario Quintana

domingo, 5 de julho de 2009

SINAL....



Apontei meu tlm para o céu e tirei uma foto, só por tirar.

reparem bem na foto.
Eu vejo uma criança nas nuvens
(cabeça, braço, barriga pézinhos a baloiçar)
deve ser imaginação minha.
se não for!!??
que significará?

sábado, 4 de julho de 2009

ACREDITE

"Acredite
cada dia é unico...
Acredite em voce...
Tenha paciência para vida
Plante... Cultive... Colha...
Tudo tem seu tempo
Acredite no seu potencial...
Corra atrás de metas..
Esteja preparado para as próximas...
arrisque se, acredite que você pode
Acredite que você vai conseguir..
Acredite mais na sua vida...
ACREDITE MAIS EM VOCÊ"

junior kinsell

quinta-feira, 2 de julho de 2009

SER GRANDE

Sejamos GRANDES!!!......Uma pessoa é enorme para você, quando fala do que leu e viveu, quando trata você com carinho e respeito,quando olha nos olhos e sorri destravado.

É pequena para você quando só pensa em si mesma, quando se comporta de uma maneira pouco gentil,quando fracassa justamente no momento em que teria que demonstrar o que há de mais importante entre as pessoas: A Amizade,O Respeito,O Carinho,O Zelo,
E até mesmo o Amor.
Uma pessoa é gigante para você quando se interessa pela sua vida, quando busca alternativas para o seucrescimento, quando sonha junto com você.
E pequena quando desvia do assunto.Uma pessoa é grande quando perdoa, quando compreende, quando se coloca no lugar do outro,quando age não de acordo com o que esperam dela, mas de acordo com o que espera de si mesma.
Uma pessoa é pequena quando se deixa reger por comportamentos clichês.
Uma mesma pessoa pode aparentar grandeza ou miudeza dentro de um relacionamento, pode crescer ou decrescer num espaçode poucos minutos.
Uma decepção pode diminuir o tamanho de um amor que parecia ser grande.
Uma ausência pode aumentar o tamanho de um amor que parecia ser ínfimo.
É difícil conviver com esta elasticidade: as pessoas se agigantam e se encolhem aos nossos olhos. Nosso julgamento é feito não através de centímetros e metros, mas de ações e reações, de expectativas e frustrações.
Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhê-la inesperadamente, se torna mais uma. O egoísmo unifica os insignificantes.
Não é a altura, nem o peso, nem os músculos que tornam uma pessoa grande...
...é a sua sensibilidade, sem tamanho...